Alcaides corruptos: Nom som as pessoas, é o sistema.

1448651150_234698_1448793033_noticia_normal Tanto tem que sejam populares, socialistas ou podemitas, em quanto sentam numha cadeira de mando todas, sem excepçom, consideram que som o melhor que há porque dim que contarom com o apoio maioritário do povo (algo falso na imensa maioria das vezes, dado que nunca contabilizam a case sempre maioria abstencionista, com o que o partido mais votado soe rondar como muito o 30% do eleitorado e nom sempre sae das suas fileiras o alcaide ou alcaidessa).

Vem de sair á luz pública que, quanto menos dois dos oito “alcaides e alcaidessas do câmbeo” que se juntaram em A Corunha, lá por finais de novembro, na sua segunda reuniom com marcado carácter partidário num encontro da «Rede de Cidades Rebeldes», cargarom no presuposto dos seus concelhos respectivos as viagens e estância sob o argumento de que iam a tal reuniom de compinches como representantes da cidadania.

Um de-les foi o alcaide de Valência, Joan Ribó de Compromís, quem cargou a conta da cidadania 377 euros e que mesmo já cargara ao seu Consistório os gastos de acudir a umha mesa redonda com Ada Colau em Barcelona em outubro, assim como a assistência a umha conferência de Manuela Carmena em Madrid, em setembro.

1455872262_738011_1455875058_noticia_normal_recorte1O outro foi o alcaide de Zaragoza, Pedro Santisteve, de Zaragoza en Común-Podemos, que viajou com um séquito de 3 pessoas por 858,4 euros. E do que os falsimedios destacam que também mercou gomina para seu pelaço a conta do concelho manho.

Na altura desconhecemos se o resto de participantes dessas reunions entre colegas as que assistiram representantes de Madrid, Barcelona, Valência, Zaragoza, Iruña, Cádiz, Compostela, A Corunha e Ferrol cargarom ao erário público tais viagens e estâncias, mas o destacável do assunto é comprovar que, em troques de retificar e fazer propósito de nom repetir a jogada, saem a da-la cara indignados e considerándo-se vítimas dum ataque furibundo dos medias; como se nom fosse verdade o que se denúncia.

Se se querem ir de parranda estes alcaides e alcaidessas rebeldes que se paguem dos seus petos os hoteis e as paparolas e depois que critiquem; entretanto só estám a demonstrar que som iguais a pepeiros e socialistas: só lhes falhava ter a cadeira de mando baixo os seus cus para que cheirem a corruptelas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s