Umha boa notícia: O meu amigo “Senlheiro” ve sobrestada a 2ª causa contra ele: Fica livre do carrego de “posse de explosivos 2”

senlhe (1) Este 7 de abril, Adrián Mosquera alcumado “Senlheiro” cumprirá 3 anos e 3 meses privado da sua liberdade, a apenas 3 meses de cumprimentar a mitade da condena de 7 anos que lhe caera na sentência do juízo tras ser detido durante um dispositivo policial de vigilância dumha chouça num monte próximo ao seu lugar de residência onde estavam ocultos uns explosivos.

Os indícios utilizados polos diferentes julgados (a causa chegou até o T. Supremo) para condenar-lhe foram ter na sua casa correspondência com pessoas presas e o pior: passear-se por esse monte ás dez da noite em inverno quando estava montado um dispositivo policial; se bem a fiscalia termou na sua intençom de condena-lo por pertenência a banda terrorista (a suposta “Resistência Galega”), nom se atoparom motivos para isso e tiveram que apandar com culpabiliza-lo de posse de explosivos pese a que no juízo ficou provado que nunca estiveram na sua propriedade e que mesmo nom há nenhuma presência do seu ADN neles (prova á que Adrián se ofrecera voluntariamente a fazer e que dera resultados negativos).

E nessa termada teima política de querer implicar-lhe na trama da suposta banda terrorista independentista (*) da que a sociedade galega nom sabe nem contesta (por nom figurar nem sequer aparece como problema social nas enquisas do CIS) aparece a figura do “soprom”, do acusom, do Xurxo Rodríguez, do que denantes foi herói e que amossou a sua faciana delatora em quanto lhe ofertarom mentir para implicar a outros; e assim, ainda que pareza surpreendente em 30 de dezembro passado a Audiência Nazional decretava a apertura dum novo juízo oral contra “Senlhe” e mais Heitor Naia, “Koala”, quem fora posto em liberdade em julho tras a sentência absolutória do Tribunal Supremo dos cargos de ‘participaçom em organizaçom armada’ e ‘colocaçom de artefactos explosivos’, polos que fora condenado a 11 anos pola Audiência Nazional.

O motivo e única prova para que a A.N. voltara á carga e solicitara 8 anos mais de pena é a testemunha oral de Xurxo Rodríguez a petiçom da fiscalia. Xurxo, além de acusom, é a única pessoa que afirmou formar parte da organizaçom “Resistência Galega” a câmbio dumha considerável rebaixa da sua condena e defende a tese de que os explosivos da RG estavam na posse de “Senlhe” e mais o “Koala”. De ai o numeral 2 no cabeçalho “posse de explosivos 2”

Hoje soubem da feliz notícia publicada ontem em Abordaxe e assinada conjuntamete polo Colectivo de Apoio a Senlheiro e mais o Colectivo Hip Hop Ateneu (do que Senlhe forma parte) segundo a qual a AN nom lhe quedou outra que decretar o sobrestamento livre desta causa e em consequência, Adrián e Hétor nom poderám ser procesados por este delito nunca mais, se bem mantem-se a condena que já pessava sobre Senlhe.

Dito todo o qual pergúnto-me: Como é que a fiscalia pode solicitar julgar a alguém por posse de explosivos quando já fora condenado por esse motivo? E ainda mais: Como alguém que sae absolvido dumha acusaçom de posse de explosivos para ser utilizados por umha organizaçom armada pode seguir condenado a 7 anos por esse mesmo motivo??

Vos deixo com o endereço de “Senlhe” por se vos animades a escrever-lhe:

Adrián Mosquera Pazos
C.P. Mansilla de las Mulas
Paraje Villahierro
24210 – León

……………………………….
(*) Recém o secretário de Estado de Seguridade, Francisco Martínez, segue termando na teima da existência dum grupo terrorista galego e assim na toma de posse do novo jefe superior de Polícia espanhola na Galiza, Manuel Vázquez López, instou a “nom baixar a garda” ante o terrorismo “autóctono, tanto de ETA como de Resistência Galega”.

Anúncios

Uma ideia sobre “Umha boa notícia: O meu amigo “Senlheiro” ve sobrestada a 2ª causa contra ele: Fica livre do carrego de “posse de explosivos 2”

  1. Pingback: Umha boa notícia: Meu amigo “Senlheiro” ve sobrestada a 2ª causa contra ele, fica livre do carrego de “posse de explosivos 2” | abordaxe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s