“Mar de Fábula”, umha nova ligaçom amiga com um claro objetivo: Limpar a Mar e Reutilizar o Plástico como Arte para denunciar seu desleixo

jpg Hoje umha notícia num falsimédio chamou a minha atençom, ne-la denunciava-se que dezenas, mesmo centos de solas de goma de sapatilhas ou sandálias, apareceram espargidas por toda a praia de A Ribeira, um areal ubicado perto do porto de Caiom, paróquia do concelho de Laracha. De imediato a minha mente levou-me a pensar na estúpida costume inventada por imbéciles peregrinos da moda que, tras a montagem turística do Caminho de Santiago por Manuel Fraga nos seus tempos de presidente da Junta da Galiza (tempo atrás fora ministro de turismo durante o regime franquista e criador da lenda “Spain is Diferent”), começaram a chegar a Fisterra como última fase do Caminho e lá quitar-se o seu calçado e queima-lo nas rochas onde o Faro. Essas miles de solas plásticas que nom chegam a arder poderiam ser a causa originária de que apareceram na praia de Caiom por efeito das mareas e correntes, mas nom tinha argumentos sólidos par asseverar tal premisa e por isso figem umha busca de informaçom na rede que levou-me a atopar a web Mar de Fábula, da associaçom sem ánimo de lucro do mesmo nome que tem por objetivo limpar a mar e que da pê ao titular desta entrada. Associaçom da que eu nom tinha conhecemento até agora e que desde já passa a formar parte das minhas ligaçons de interés por muitas razons e todas elas óbvias: mas nom vou a desmiuça-las acá e só vou colar algumhas de-las que quitei das suas diferentes seçons:

32_imagen A mar é de todas nos; Cumpre cambiar a mentalidade da mar como PANHOL GRANDE polo conceito da mar como CASA COMUM; promoverá a recolhida e retirada de todos os refugalhos sólidos depositados na beiramar durante o longo do ano (nom só de cara ao vrão); O eido de trabalho cubrirá todo o litoral da Galiza pero numha primeira fase se concentrarám nos areais e coidos da Costa da Morte; Para chamar a atençom da cidadania e reflexionar sobre a nossa atitude de agresividade e maltrato á mar e á sua contorna, organizam obradoiros de criaçom artística e artesanal em base á reutilizaçom dos materiais plásticos; Investigar sobre a procedência desses resíduos e estudar em que maneira as correntes marinhas e os ventos predominantes incidem na presência desse lixo no nosso litoral e sobre a importància do discorrer por diante das nossas costas umha das derrotas marítimas mais congestionadas do mundo: o Corredor Marítimo de Fisterra, navigado por mais de 40.000 barcos ao ano, entre os que destacam grandes cruceiros de turistas, verdadeiras cidades flotantes.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA Na sua web recolhem assim fotografias de Criaturas Caóticas feitas com materiais alterados e rotos pola força da mar quee invitam, num íntimo e paciente diálogo, a integra-las na nossa capacidade criativa, sugeríndo novas formas, longe do seu antigo uso cotiám, fora já dos entolecidos circuitos da cultura do consumo; e assim surgem criaturas fantásticas de todas as formas e tamanhos, com vísceras circulares e grandes olhos asombrados. E por meio da comunicaçom visual com estas criaturas monstruosas pero inofensivas, poder estabelecer novas canles de análises e reflexom sobre a nossa atitude de agressividade e maltrato á mar e á sua contorna.
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Só me resta convidar-vos a vissita-la e explora-la; a sua ligaçom fica desde já na minha coluna direita.

Anúncios

Uma ideia sobre ““Mar de Fábula”, umha nova ligaçom amiga com um claro objetivo: Limpar a Mar e Reutilizar o Plástico como Arte para denunciar seu desleixo

  1. Pingback: Umha verdade incómoda: “A tua casa nom fica tam longe do mar” | ogajeironagavea

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s