Mentiras eurocentristas em boca de todas: as fases da Lua e o sentido dos remoinhos das drainagens

creciente-vs-menguante Somos ensinadas desde cativas a aprender como dados certos e constatáveis algumhas realidades “naturais” que som tais no hemisfério Norte mas que som falsas no hemisfério Sur. Se bem quando nos aprendem esses dados, tanto seja no entorno familiar como na escola, nos mass media ou mesmo em livros considerados didáticos, nossas “mestras” esquecem dizer-nos que tal circunstância empírica só é tal se a observamos estando ubicadas na nossa parte do globo terraqueio. E assim imos pola vida crendo que nossas aprendizagens som validas para qualquer parte do mundo porque ninguém nos fijo ver a nossa inhorância ao respeito.

Como consequência disto, mesmo ás vezes, aprendemos dados falsos como se fossem certos porque assim nos foram ensinados e espalhados com profundidade. Tal é o caso de dois fenómenos dos que, recém aos meus 55 anos, venho de ter conhecemento dos meu erros adquiridos: a forma que mostra a nossa Lua nas suas diferentes fases e mais o sentido no que giram os remuinhos da auga ao ser drenada. Estou-me a referir a aquelas sentências que dim que a Lua quando tem forma de “C” está “D”ecrescente e quando “D” está “C”rescente (a regra da forma inversa á da letra inicial) e mais a que conta que a auga no hemisfério norte é drenada em sentido horário, e no sur no anti-horário. E ás provas me remito:

capturadetela1obA imagem ao carom deste texto sinala as vissons reais da Lua segundo onde a vejas, claro está que a inclinaçom da Lua num ou outro sentido vai variando segundo nos vaiamos alonjando do Equador em direçom a qualquer Polo. De feito há estúdios recéns que descobrerom que ditas inclinaçons tamém variam segundo a época do ano e a inclinaçom do eixe da Terra assim como nas trajectórias das orbitas de ambos corpos celestes (ver acá).

Em quanto a se a auga gira num sentido ou outro dependendo de que lado estejamos do Equador nom é mais que umha falácia repetida mesmo em documentários pseudo-científicos de televisons temáticas e livros de texto. Na verdade, tal como conta Kate Knibbs neste artigo, a auga cae do mesmo jeito em qualquer lugar do planeta por efeito da lei da gravidade e em consequência tanto tem que estejas em Mugardos que em Sidney ou Quito.

450_1000 A falsa informaçom provém do chamado efeito (ou força inercial) Coriolis, um conceito científico que explica como a rotaçom da Terra afeta a maneira como percebemos objetos muito grandes movéndo-se conforme eles viajam. Ele pode ter impacto em como furacáns viajam, mas nom na direçom da auga num cano, pois para que o efeito Coriolis seja apreciável, o objeto deve percorrer como mínimo centos de metros. É dizer, que a auga dos nossos lavabos, que apenas percorre uns centímetros, está moi pouco submetida ao efeito Coriolis, até o ponto de que é totalmente inapreciável.

7 E isso por nom falar da posiçom da Terra no Universo, do porquê sempre está representado o hemisfério que abrangue Europa na parte superior da esfera e nom do revés. Ainda que isto é mais bem obra dumha convençom feita por cartógrafos (do hemisfério norte na sua maioria) e nom pode considerar-se nem falácia nem mentira; mas nom há nenhum dado que impida a sua representaçom do revés dado que na imensidade e infinidade do espaço nom se podem distinguir dimensons norte e sur.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s