Arquivo mensal: janeiro 2017

Ao respeito da pobrinha moça neonazi de Murcia!!

tumblr_inline_okau4pkahp1qbhmtm_500 A Coordinadora Anti Represión Región de Murcia nasceu devida á impunidade com a que atuam os fascistas e venhem de tirar seu comunicado que remata com estas palavras: “o lógico quando desde as instituiçons nom se atua, é que as oprimidas se defendam. Resulta farto difícil condenar a violência quando te estám machacando e ninguém fai nada por defender-te”.

Se olhades a página de comunicaçom anarquista Abordaxe e fazedes umha busca de Murcia, atoparedes vários artigos que falam disso; e o mais recém é um artigo (traduzido ao galego por Disnomia) com este cabeçalho: Contra a tolerancia. Contra o diálogo. O fascismo cúrase sangrando… A raíz do acontecido en Murcia!” e que é assinado por “umhxs antifascistas orgulhosxs da sua intolerância”; onde desmontam toda a parafernália emitida polos falsimédios; e que desde minha gávea, vos convido a lêr.

Além Continuar lendo

Supostos siareiros ultra-esquerdistas e seu suposto violador.

Tenho que reconhecer que nunca me afiz a essa divisom entre siareiros dum e outro extremo ideológico nas equipas profissionais de futebol; um feito que, tenho constatado, controlam moi bem meus compis “infecionados” a este espectáculo de massas e gram negócio financieiro-especulativo.
c2yf36bxcaarbap_3764_1 Suponho que minha inhorância vem dada porque, nos meus tempos de adolescente em que fazia seguimento entusiasta deste desporte, nom havia tal divisom ou nom se manifestava em público, em parte porque ainda eram tempos da Ditadura de Franco e ninguém da extrema esquerda era tam estúpido como para jogar-se o tipo por expressar suas preferências ideológicas numha partida de futebol e além, porque ainda nom chegaram a estes lares a demência coletiva praticada polos siareiros nas grades dos estádios, e nos seus arredores, co galho de animar aos seus lançando berros e cânticos de glória militar heróica com grandes doses de violência estéril; impostura que a mim me lembra mais ás guerras das cruzadas que a manifestaçons das paixons dos afeiçoados; de feito pouco tempo depois de deixar eu de seguir este negócio foi quando nos grandes estádios se começaram a cavar profundos fossos e instalar elevados valados para evitar que os siareiros saltaram ao terreno de jogo e tamém para separar as afeiçons de ambas equipas e assim tratar de evitar liortas entre elas. Pelejas que antes so vivias nos campos de terra das divisons inferiores, mas estas nom tinham nenhum caráter nem índole política pois dita rivalidade vinha dada nom só polo jogo de futebol senom por inimizades históricas entre vizinhanças rivais e que mesmo se manifestavam em bailes e romárias.
Continuar lendo

Reconhecementos meritórios na Costa da Morte: Umhas limpam sem aguardar prémios entanto outro leva prémio por lixar o Mar

Na fim de semana passada tivem conhecemento de duas notícias relacionadas co Mar nesta singular paragem que abrangue nossa costa mais ocidental e acidentada; e se bem ambas nom me causaram estranheza algumha, as suas razons para saltar á imprensa som diametralmente divergentes e opostas, pois se bem umha fala da nova limpeza das nossas praias e costas por gente voluntária de Mar de Fábula (e vam…); a outra causou-me certo arrepio ao constatar, umha vez mais, que no estado espanhol seguem a premiar as pessoas que acederam a um posto de (i-)responsabilidade e cometeram desde lá as piores atrocidades possíveis, bem foram feitas a mão-tenta ou por pura inhorância tras receber um mal conselho ou mesmo por servilismo tras dar cumprimento a umha ordem contraproducente.
16174450_973926859374866_965135533336160261_n Continuar lendo

Crónica da inauguraçom do estúdio da Kalimera no CSA do Sar. Adiamos a emissom on-line

Denantes que nada desculpas por nom ter podido cumprimentar nossas perspectivas de ter todo a ponto para que ontem día 17 ás 17 hs começaramos nossa emissom via streeming. Assim que se fuches das que desde ontem estivestes fuchicando na nossa web no nosso novo apartado da coluna direita “Emissom ao vivo” para tratar de escutar-nos sem consegui-lo, que saibas que o erro está em nós, no ponto de partida, dado que pese a estar até o último momento tratando de conseguir emitir, nom fomos quem por causas que nos superarom e que nom entravam nos nossos planos previstos, dado que o servidor do streeming nom nos valeu como tal e tivemos que optar por adiar o começo da emissom até novo avisso, que será anunciado nesta mesma página web e mais na nossa conta de feisbuk. Para ser sinceiras na kalimera já estamos afeitas a que nos passem estes imprevistos com o que no-lo tomamos com acalma e para ser a priem ira vez que nos enfrontavamos ao reto de emitir via internet, ia ser muito que nos saira a primeira.

Mas além disso as kalimeras todas concordamos em valorar que foi umha data memorável, digna de ficar entre os grandes momentos desta rádio livre que já vai polos 25 anos de existência. A grande assintência de gente com ganhas de conhece-lo estúdio e a multitude de propostas de programa (há mais de 20 programas previstos para nossa grelha) demonstram o acertado das nossas últimas ubicaçons compartilhando espaço num centro social como bem a ser agora a Casa do Peixe.
Continuar lendo

Farta da “publicidade sugerida” no feisbuk?? Eu já nom recebo nenhuma!! Assim foi como figem:

publicidade-feisbukLevo um bo tempo em que já nom me chega nenhuma publicidade comercial á minha página do FB; era algo que me enervava cada vez que entrava no meu muro, assim que provei a fazer umha estratagema que nunca pensei que poidera dar resultado, mas semelha que sim. Nom é nada complicada de fazer, só vai-te levar um tempinho ser metódica na estratégia e poida que tamém te funcione (nom podo assegurar nada porque no FB podem mudar as coisas quando quiger). Isto foi o que figem cada vez que me atopava com “PUBLICIDADE SUGERIDA”??

Eu clicava no simbolinho do “V” ao carom direito de onde pom: “ME GUSTA ESTA PÁGINA” e quando abria o diálogo clicava em “OCULTAR ANUNCIO”. Era entom quando o FB pedia-me que lhe ajudara a entender o porquê dessa minha açom e lá abre um outro diálogo onde dá várias opçons, eu nesse momento sempre escolhia a de “ES OFENSIVO O INAPROPIADO” e entom o FB insiste em querer saber mais e volta interrogar de porquê é inapropriado e abre um novo diálogo, e de entre as respostas possiveis e eu sempre cliquei na que punha “ES SEXUALMENTE EXPLÍCITO”; tanto dá que fosse o anúncio de viagens ou de sofás e nom tivera nada explícito. E queirades que nom, sempre esboçava um amplo sorriso, como quando era umha criança e fazia umha travessura ou umha trasnada.
Continuar lendo

Segue Demetrio Pelaez esta bitacora? Histórias da História.

16114207_1244529732303691_354749761023134869_nQuero desatar e quero ser desatado.
Quero salvar e quero ser salvado.
Quero ser engendrado.
Quero cantar; cantade todos.
Quero chorar: golpeade vossos peitos.
Quero adornar e quero ser adornado.
Som lâmpada para ti, que me vês.
Som porta para ti, que chamas a ela.
Tu vês o que fago. Nom o menciones
A palavra enganhou a todos,
pero eu nom fum
completamente enganado.
Prisciliano

Venho de olhar no jornal «El Correo Gallego» seu contributo «PISA y la generación más culta de la historia» no que Demetrio fai um relato do vídeo que colei na minha entrada do domingo passado día 8: «Desmemória histórica ou ignorância sistémica» e nom saia do meu assombro ao ver que concorda na minha percepçom do desconhecemento pola mocidade da história que ainda da coletaços; como no caso da solicitude dum fiscal de pena de prisom para Cassandra, umha moça de 21 anos, por uns chistes que publicou em Twitter sobre Carrero Blanco, quem fora presidente do governo com Franco e futurível provável sucessor, e rematara sua vida num alero tras um atentado da ETA em 1973.

Por um momento pensei que chegara ao ponto de coincidir nos seus planejamentos depois de tanto tempo de seguir as andanças deste paladino e mesmo de fazer chanças sobre suas colunas até o ponto de otorgar-lhe vários prémios «Polvorom» nos contrainformativos na kalimera lá polos inícios dos 90, na era sem internet, quando um compa e amigo tivera a genial ocorrência de tal prémio para a notícia mais cutre ou retrogada dos falsimedios; e entrou-me umha certa angústia existencial. Mas por sorte durou-me pouco porque num enquadrado aparte do seu artigo, Demetrio amosa seu arrepio diante do desconhecemento dessa mocidade da história dos próceres da cidade de Compostela e do apóstolo Santiago; e ai foi onde expirei um alívio, desapareceu a minha angústia e assomou um sorriso no meu rostro.
Continuar lendo

Terça feira, 17 janeiro ás 17 hs: Jornada Inauguraçom e de Portas Abertas da Rádio Kalimera no CSA do Sar!!

boa4Por fim as emissons da Rádio Kalimera terám saida desde nosso novo estúdio no CSA do Sar. De primeiras só emitiremos via streaming pola internet pois ainda nom fumos quem de atopar um lugar alto de Compos onde poder colocar nossa antena e volver emitir coma sempre polo 107.9 da fm.

Depois de meses de trabalho arreio entre poucas pessoas, e com a estimável ajuda das compas do CSA do Sar e a paciência das nossas antigas anfitriãs do CS do Pichel, já estamos em condiçons de abrir as portas a novas kalimeras dispostas a formar parte deste projeto coletivo e de começar a emitir!!

Em breves, este que vos escreve, voltarei fazer rádio, faceta que deixara há uns aninhos e que acordei retomar (botáva-lo em falha) justo no momento em que se decidia em assembleia o traspasso de local. Mas já contarei mais polo miudo quando vaia começar emitir o meu novo programa do que nom vou adiantar mais nada por agora, nom por manter nenhuma tensom ou expetativa (nom me crio capaz delo), senom porque ainda nom tenho decidio se retomar Comochoconto ou dar um giro ou pequenos ou grandes câmbios. O dito já o publicarei acá.

Mas agora quero colar acá a convocatória da Kalimera nessa vindoura Jornada histórica na que voltaremos a emitir e para elo recolho da web da Kalimera a entrada a tal respeito:
Continuar lendo