Nom é umha piada: Franquistas celebram impunes o 1º de Abril em Madrid

Ontem, 1 de abril, foi o Dia da mentira, também conhecido como dia dos tolos, das brincadeiras e/ou de jogar a enganos em grande parte do mundo ocidental, mesmo na Galiza nosso refraneiro recolhe essa singular data: “o um de abril vam os burros onde nom devem de ir”. Mas no resto do Estado español nom se celebra (agás na ilha de Menorca) tal data festiva e fai-no em 28 de dezembro (dia dos Inocentes).

O que sim houvo ontem na capital das espanhas quem -aproveitando os ventos favoráveis á exaltaçom do franquismo e de permisividade de governos e da justiça para com os assassinos da Ditadura aos que agora, num espetacular pincha-carneiro democrático sinalam como vítimas do terror- se reuniram baixo o Arco da Vitoria de Moncloa (construido polos golpistas franquistas) para celebrar sua vitória no golpe de estado contra a República. Na foto seguinte pousam membros do Movimiento Católico Español, com cura incluido, e da Acción Juvenil Española, jovens nostálgicos de mais de 40, com seus braços direitos em alto e suas caras ao sol, portando suas bandeirolas anticonstitucionais do aguilucho e dos jugos e frechas falangistas:

Segundo informa El Plural os congregados respondiam a um chamado nas redes sociais contra a Lei da Memória Histórica e que apenas tivo assistência pero que goçou de plena liberdade de movimentos. Algo que nunca se passou noutros paises que sofreram regimenes ditatorias de igual calibre como na Alemanha ou na Itália.

———-
(*) Denantes o Ano Novo era festejado no dia 25 de março, data que marcava a chegada da primavera. As festas duravam umha semana e terminavam no dia 1 de abril. Em 1564, depois da adoçom do calendário gregoriano, o rei Carlos IX de França determinou que o ano novo seria comemorado no dia 1 de janeiro. Alguns franceses resistiram à mudança e continuaram a seguir o calendário antigo, pelo qual o ano se iniciaria a 1 de abril. Gozadores passaram entom a ridicularizá-los, a enviar presentes esquisitos e convites para festas que nom existiam.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s