A Criminalizaçom da Disidência: URGENTE!! DETENÇONS DE INDEPENDENTISTAS GALEGAS!!

Ontem a Audiência Nacional espanhola prorrogava 18 meses mais o processo contra as 9 independentistas de Causa Galiza na chamada “Operaçom Jaro”; hoje chegam notícias de, quanto menos 3 novas detençons de independentistas galegas e militantes de Ceivar, que iriam relacionadas com o ato de recebemento a Antom Santos segundo aponta o Jornal Sermos. Trataria-se de Iria C., Ugío C. e Afonso L, detidas em Compostela, Vila Boa e Ourense e transladadas á Comandância da Garda Civil das Cancelas em Compostela. Segundo a informaçom de Sermos nom é de esperar que se produzam mais detençons.

Ceivar informa que estám preparando para esta mesma tarde concentraçons em rejeito do operativo e de solidariedade para coas detidas. Sinalam que o avogado lhes notificou que os agentes procederam ao registro dalgumhas das vivendas e que o mais provável é que esta mesma tarde se passem a disposiçom judicial, após o qual poderiam ficar em liberdade. As hipóteses som que se lhes impute um delito de enaltecemento do terrorismo.

Tratára-se dumha nova Operaçom Jaro 2?? Passado o tempo, sucederá como com as Operaçons Pandora (1 e 2) contra Anarquistas que foram anuladas e todas as encausadas absolvidas depois de passar-se (algumhas delas) meses em prisom??

Desde Causa Galiza tirarom este seu COMUNICADO DE URGÊNCIA À ATENÇOM DOS MEIOS DE COMUNICAÇOM:

A organizaçom independentista Causa Galiza denuncia a detençom simultánea de, como mínimo, três militantes independentistas galegos nesta manhá em Vila Boa, Ourense e Compostela. As detençons corresponderiam às pessoas de Ugio C., Fonso L. e Íria C., todos com compromissos na solidariedade com os retaliados e retaliadas políticas.

Segundo as nossas informaçons, o operativo policial está dirigido novamente pola ‘Guardia Civil’ espanhola, demonstrando-se a insistência do instituto armado espanhol na criminalizaçom e persecuçom do independentismo galego.

CAUSA GALIZA quere denunciar, mais umha vez, o tratamento policial e judicial de exceçom de que é objeto neste País a militáncia independentista, com detençons periódicas, processos penais de exceçom, repressom administrativa e económica sistemática, vigiláncia e seguimentos policiais, acossa laboral e, em ocasions, incluso a prisom.

CAUSA GALIZA valoriza que esta estratégia repressiva procura envolver o independentismo galego num bucle eterno sem saída onde o único labor a desempenhar seja a auto-defesa, a denúncia da repressom e o trabalho anti-repressivo, impossibilitando a intervençom social e política “normalizada” e evidenciando ao mesmo tempo a existência dum Estado de Exceçom nom declarado para o setor da sociedade galega que defende sem ambigüidades nem complexos a necessidade de superar o atual quadro jurídico-político espanhol e avançar com passo firme face a independência nacional da Galiza.

CAUSA GALIZA chama a sociedade galega a se mobilizar nas convocatórias que se lancem hoje para denunciar esta nova ofensiva da repressom e impedir o assentamento deste Estado de Exceçom nom declarado que converte a militáncia política em alvo permanente de atuaçons policiais e judiciais.

Apontar, por último, que como organizaçom cuja militáncia está envolvida num processo penal na ‘Audiencia Nacional’ que se prolonga artificialmente por motivos políticos em direçom aos três anos de limbo judicial, político e vital, apelamos à firmeza e à solidariedade coletiva e ativa para frustar os objetivos de paralisaçom social e política que procura a repressom.

O independentismo galego sairá fortalecido dos golpes da repressom. Nom temos a menor dúvida. A firmeza coletiva e a solidariedade frustrarám os objetivos da repressom.

Agradecendo a difusom desta informaçom, recebam a saudaçom do Comité Executivo de Causa Galiza.

CAUSA GALIZA, organizaçom política independentista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s