As mentiras de Rajoy e os 60.600.000.000 € do erário público regalados á Banca que nunca voltarám.

Mariano Rajoy é home de fe cristiã e por isso agora deve sentir-se como S Pedro quando, segundo contam nos seus livros, negou por 3 vezes ser fiel ao seu Deus. Mas crio que Mariano ainda tem mais mérito porque, segundo contam as malditas hemerotecas, negou muitas mais de 3 vezes ser-lhe fiel ao seu verdadeiro Deus: O Dinheiro e aos seus templos de oraçom: A Banca Privada com muito Ánimo de Lucro.

Quando ontem foram detidas 9 pessoas acusadas, entroutras coisas, de rachar luas de caixeiros automáticos e vidrieiras de entidades bancárias privativas, entendim que Mariano e seu capitam com praça em Compostela, Agustín Hernández Fernández de Rojas, estavam por fim dando a cara polos seus e voltando ao rego da sua fe no Gram Capital depois das suas múltiples declaraçons nas que negara que o resgate europeu á Banca espanhola nom teria impacto sobre as contribuintes.

Hei eiqui um repasso da hemeroteca que atopei sem grandes dificultades:

7 novembro 2011.- 1ª MENTIRA: Debate eleitoral versus Rubalcava moderado por Manuel Campo Vidal (“el tío de la corbata” de Faemino y Cansado): O índa aspirante á Moncloa, Mariano Rajoy, afirma que, no caso de ganhar o combate eleitoral, “Yo no daré ni un sólo euro de dineiro público como han hecho ustedes” (observade o levantamento de celha seguido de guinho e de mirada fugitiva quando mente, gestos que denotam que minte, segundo a chamada “Psicologia da Mentira”). Como nota curiosa o vídeo é do mesmo PP:
28 maio 2012.- 2ª MENTIRA: Rajoy já é Presidente das espanhas todas e numha comparecência de urgência para dar conta da situaçom de crise criada polo caso Bankia do seu amigo Rodrigo Rato quando Mariano decidiu dar-lhe um chute de quartos públicos; índa assim Rajoy assegura que “no va a haber ningún rescate de la banca española” e que os quartos que agora ia dar-lhe a entidade bancária mais importante das espanhas todas, seríam recuperados quando se vendera Bankia (algo que todas sabemos que nom foi tal).
13 junio 2012.- 3ª MENTIRA: Mariano afirma numha sessom de Control do Parlamento que “El crédito europeo para recapitalizar el sistema financiero español lo va a pagar la propia banca” e justifica o gasto no feito de que todos os paises europeus figeram tal algumha vez (o vídeo neste caso é da Moncloa)
1 agosto 2014.- 4ª MENTIRA: Rajoy diante dos numerosos rescates bancários (Bankia, Bancaja, Caixa Catalunya, Caixa Galicia, que já figera e que antes digera nom ia acometer justifíca-se asseverando que resgatar ás entidades financieiras que estavam quebradas era “la alternativa más barata y mejor”

E o final já conhecido:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s