Compostela Aberta para Guiris: Cidade Peonil pensando só no turisteio!!

Há uns dias lim na imprensa local umha Carta ao Diretor no que um cidadá residente em Compostela botava pestes contra o governo do concelho polo feche ao tráfico rodado na Avda Joam XXIII; onde (oh casualidade!) está ubicada a dársena de autobuses vindos de afora cheinhos de vissitantes foráneos.

É norma do pseudojornal, onde lim a crítica, publicar toda quanta protesta lhes chegue e que lhes serva para ponher a feder ao governo local; mais neste caso que trato acho que lhe assiste toda razom ao residente indignado polo corte de tráfico nessa zona. E isso que por mim faria pionil toda a cidade (pero nunca faria exclusiva só a zona guiri)

Nom tenho diante minha o artículo em questom mas suas queixas iam encaminhadas a que deste jeito as residentes da zona norte de Compostela vam ter que dar muita mais volta para chegar aos seus destinos; além de que vam ver-se perjudicadas por nom poder levar suas crianças até á porta da escola pública López Ferreiro e; índa mais, porque tal peonilizaçom só é vantajosa para as guiris, que agora vam poder ir a sua bola e sem mirar coa lei da sua parte (já iam caminhando desse jeito quando era transitável, tal qual sae na foto desta entrada) e para os comércios de recordos e “todoaeuro” e os bares-restaurantes da rua S. Francisco, agora já todos desenhados e preparados para uso exclusivo de guiris (ao puro estilo Franco).

E nom é só que o denúncie esse vizinho (e muitíssimos mais), senom que é o mesmo governo do concelho quem refire assim as razons para ter tomado tal decisom sem consultar a ninguém: “O objectivo é destinar únicamente ao tránsito pionil o contorno da igreja de S. Francisco, sobre tudo de cara ao vrão diante da maciça afluência de turistas desde a dársena de Joam XXIII cara a zona da Catedral”. O edil Jorge Duarte assegurou que obedece á inseguridade que se cria com a convivência dos coches e os pions que, maciçamente, transitam pola avenida nesta época do ano.

Além tamém é de destacar que tras declarar pionil a Rua de S. Pedro, ainda segam baixando pola mesma e em sentido contrário um feixe de bici-pelegrins sem que ninguém tome cartas no assunto; isso e o trem chucuchú que passa por lá para que as guiris sejam conscientes de tal estupidez; suponho eu porque senom nom sei para que vam por alá?

Ou seja que o único que lhes preocupa a Compostela Aberta som a gente que vêm de afora e a quem vivemos aqui todo o ano que nos segam dando…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s