C’s, os falsimédios e a ridícula pintada no negócio familiar de Rivera.

De tudo quanto se está passando na Catalunya, os falsimédios espanhois seguem na sua coerência goebbeliana de querer converter o negro em branco ou vice-versa. Sem dúvida, e quiçás motivados pola evidente falha de credibilidade da gente do PP (ontem mesmo caiam duas peças mais do taboleiro da corrupçom: a tesoureira do PP espanhol, Carmen Navarro, e Alfonso Grau, quem fora a mão direita de Rita Barberá, imputadas por financiaçom irregular do PP valenciá), semelha que estám focalizando a campanha orquestrada contra o direito universal de autodeterminaçom dos povos, nas figuras mediáticas de C’s.

De tal jeito ontem escuitei abraiado como o secretário de comunicaçom de C’s, um tal De Páramo tolamente alterado invocava, aos deuses da sua democracia, parar tal desaguisado de demostraçom popular nas ruas a favor do referendum sob a argumentaçom de que (sic): Es el mundo al revés: los que se saltan las leyes dan lecciones de democracia, los que señalan por ideas políticas dan lecciones de libertad” e de seguido denunciava o gravíssimo feito de que o negócio familiar de Albert Rivera aparecera com pintadas No puede ser normalidad que te señalen con el dedo por pensar distinto o que te hagan pintadas en tu casa llamándote fascista.

A verdade é que nom lhe dim tanta importância ao tema até que nesta mesma manhã vejo que tal notícia da pintada no negócio familiar de Albert Rivera é recolhido em múltiples falsimédios escritos e digitais (o que demonstra que bem trabalham as agências de desinformaçom!!) destacando nos cabeçalhos que ditas pintadas continham ameaças e que Rivera ia empreender açons legais por elo tras sinalar como máximos responsáveis a Puigdemont e Junqueras. Tudo elo acompanhado das fotos da ameaçante pintada pero que nom é a mesma que colei ao início desta entrada e que publicou o diretor de “La Razón” o catalám (índa que lhe pese) Paco Marhuenda (*), senom estoutra:

Outro feito que me levou a escrever isto, foi saber que a denúncia das tais pintadas ameaçantes fora feita ontem polo mesminho Albert Rivera numha entrevista numha rádio comercial na que digera que (sic) “en C’s no vamos a permitir que mis padres tengan que sufrir las consecuencias de unos energúmenos que intimidan y coacionan a su hijo por estar en política” e foi lá que anunciou que iam denunciar tais pintadas ameaçantes.

Eu, por mais que lhe dou voltas ás fotos e ao texto da pintada, nom atopo ameaça algumha, mas já digem outras vezes que o meu nom é ser lingüista e quiças em catalám escrever: “Ciudadanos esta nom é a vossa terra nem a vossa luita” sim que é pecado grave de ameaça e intimidaçom.

Além queria destacar um detalhe desta campanha orquestrada polos mass merdas e C’s, bom mais bem dois: o primeiro é dizer que polo que se conta na rede, nessa mesma manhã foram moitíssimos os comércios cataláns que apareceram coas sua reixas metálicas cheinhas de cartazes colados com cinta adesiva (por outra banda moi doados de retirar), com o que o dano ao negócio nom é tal e nem sequer constitue um ato focalizado na família de Albert Rivera; e o segundo é constatar que nehuma foto da pintada está tirada para que se veja o lugar no que figura á carom da reixa (em todas ensinam por umha banda a reixa cos cartazes e outra na que só ve-se o trocinho de parede caleada na que foi feita a pintada) e a pouco que te fijes ve-se que está aumentada ao máximo (percebe-se clarinha a textura do cimento e que está ao carom da reixa, mas nom há foto completa algumha); poidera ser que fosse tirada assim para que se poidera lêr bem porque mesmo semelha que a ameaçante pintada estivera feita com um bolígrafo ou rotulador (umha pintada tipo water da escola ou pouco mais) e claro tirar umha só foto coa reixa e o ridículo cachinho de cimento onde está dita pintada ia ficar patente que a denúncia das ameaças é ridícula e patética do mesmo valor que umha pintada num retrete dum bar ou num ascensor.

Diante disso C’s opta por multiplicar seu patetismo vitimista e pluraliza na sua web que o comercio estava cheio de pintadas pero, umha vez mais, ensinam só a foto da reixa: E tudo elo sucedeu no mesminho dia no que C’s foi a única força partidária com representaçom no parlamento espanhol que votou em contra de criar umha comissom para evaluar e modernizar o modelo territorial espanhol e que foi aprovada com os votos a favor de todas as demais forças do Congresso, incluido o PP. Nom som eu quem vou falar em prol dumha comissom de representantes que nom me representam; pero estar dentro do jogo eleitoral e participar do mesmo dizendo que vas aportar um estilo novo e dialogante dista muitíssimo do que sinifica ser o único partido que vota em contra dumha comissom para dialogar e debater. 

A mim até da-me por pensar que é umha pintada de “bandeira falsa” feita por militantes de C’s, ou mais bem umha pintada de “senyera falsa”.

Do que já nom dúvido é de que nom haja um acordo no reparto de papeis entre os partidos da extrema direita espanhola, de tal jeito que o PP deixaria por perdida Catalunya (senom nom se explica que tenham ao bocachão de Xavier García Albiol como presidente) a mãos do C’s que jogam a ser cataláns-espanhois e vítimas da minoria independentista e pola contra ganhar-se os votos de bos patriotas espanhois recalcitrantes do resto do estado entanto buscam que se fale de Catalunya e nom das suas contas de tesoureria e doutras suas chanças ilegais.


(*) Paco Marhuenda volveu da-la nota ao publicar a foto dum outro negócio da família Rivera (que já nom possue) quando fora, em 2008, objetivo da açom dum pintor espontáneo. Deveu parecer-lhe bem pouca coisa a que estavam difundido outros médios e ele tirou por publicar mais merda no seu mass merda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s