Ana Botella estragou dinheiros públicos para nada. Se nos roubam que seja para algo!!

Ontem dou-se nos mass média a nova de que a trama da Púnica tamém afeta a Ana Botella, a ex-alcaidesa de Madrid que ninguém escolheu (foi eleita dentre as conselheiras da capital das españas depois de ser nomeado seu titular, Gallardón, Ministro de Justiça).
Seica Ana e seu home, Jose María, a sazom e na altura expresidente das Españas todas, preocupadíssimas pola má imagem de Ana que se estava a refletir, dia sim dia tamém, nas redes sociais com muitas risas e chanças a quantas iniciativas tomava como alcaidesa, reuniram-se em agosto de 2013 em Marbella com o empresário Alejandro de Pedro Llorca (*), um dos principais imputados do caso Púnica, para tratar de ver como milhorar sua penosa imagem na Internet mediante a difusom de notícias favoráveis á alcaidesa a través da sua rede de médios digitais (ou seja manipulando, tergiversando e mentindo). E isso segundo conta a Garda Civil, que nom me estou eu a inventar nada, pois foi a Unidade Central Operativa (UCO) deste corpo armado quem entregou em 2 de novembre ao juiz da A.N. Manuel García-Castellón um seu informe sobre os trabalhos realizados entre 2013 e 2014 polas empresas de Alejandro de Pedro para milhorar a deteriorada imagem política de Ana Botella.

Cabe sinalar que, tras desse encontro conseguido polo exministro de Trabalho, Eduardo Zaplana, a jefa de imprensa de Ana Botella concertara com De Pedro que o concelho madrilenho ia pagar-lhe 60.000 euros para abonar os trabalhos que este realizase para tratar de remediar a penosa imagem de Ana nas redes sociais.

E ao que vou; eu sei que todos os partidos que exercem ou exercerom poder, sem excepçom alguma, roubam das arcas públicas em benefício de quem consideram “os seus” e/ou “as suas”; bem mediante contrataçons públicas ou bem dando-lhes postinhos de assessoria ou secretaria; quando nom roubando a mãos cheias para seu próprio e exclusivo benefício persoal. Ou seja que nos roubam do dinheiro de todas para benefíco delas.

O que sim que nom estou disposto é que além de roubar-nos, esse dinheiro substraido das arcas públicas nom vala para nada quando nem sequer consiguem seus objetivos. Porque foi depois de gastar esse dinheiro que Ana Botella tivera sua pior cena mediática, a que mais risas deparara e mais chanças e brincadeiras provocara nas redes e nas ruas; e estou-me a referir a sua declaraçom a prol da candidatura de Madrid como sede da Olimpiadas de 2020 e sua relaxing cup of café con leche in Plaza Mayor .

Que devolvam o roubado!!

——————————————
(*) Conta ElDiario.es numa notícia de José Precedo publicada em abril deste ano que quem trataram a De Pedro o retratam como uma personagem clásica da novela picaresca, ávido de contatos e com olfato para os negócios. Sua habilidade para relacionar-se levou-lhe a assinar contratos com Mediaset, o Real Madrid de Florentino Pérez, e importantes firmas do IBEX como Sacyr ou Bankia. Incluso Telefónica chegou a recorrir aos seus serviços de reputaçom em Internet. O PP em Madrid, Valencia e Murcia tamém confiaram nos seus supostos conhecementos, mas o problema surgiu quando estes trabalhos para um partido político foi pagado polas administraçons públicas e por isso Alejandro de Pedro Llorca está acusado dos delitos de organizaçom criminal, tráfego de influências, malversaçom, suborno, falsificaçom documental, utilizaçom de informaçom confidencial e fraude.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s