De Fochancas, Rios, ElCorreo e Agustín Hernández Fernández de Rojas

Vaia por diante que nom é minha motivaçom ao escrever este artigo na minha bitácora sair na defessa do alcaide nem da corporaçom que o mantem no cárrego; nada mais longe das minhas intençons que parabenizar a CA (Compostela Aberta) e a Martinho Norriega por nom mudar nada interesante em quanto as suas competências na política instituiçonal: por acá seguem as cámaras de vigianças nas ruas e prazas ou o tráfico intenso e os atascos em horas de entrada e saida dos colégios moi privativos, por mentar algo.

Pero claro está que, quando a oposiçom mais hostil á inane política local de CA a constituem o PP e mais El Correo Gallego convida a recorrir ao manido dito castelám ‘Así se las ponían a Fernando VII’; porque com oponhentes desta catadura, ou mais bem deviera escrever “caradura”, qualquera segue no cárrego “in isto tempore”.

As gracietas de Agustín volvem meu olhar a aqueles maravilhosos anos do pistoleiro Conde Roa (“van a sentir mi aliento en su nuca”) ao mando da cidade, porque havia bem de tempo que nenhuma das pessoas que sentam suas posadeiras em cadeiras munícipes nos faziam rir tanto.

Seu vídeo lançando ao rio Sar despojos que atopava nas beiras para assim criticar seu desleixo (a do rio Sar) e a deixaçom de Martinho e CA por nom dar o visto bo ás intençons do PP de construir uma nova depuradora para o rio Sar no lugar de O Souto, nos límites de Compostela com Ames, já deu a volta ao mundo (quando menos ao que nos arrodea ás que moramos por acá) entre risas e risotadas e miradas de alucine; mas o que nom conta caseque ningum médio é que o projeto de Souto é uma promesa eleitoral do PP do ano 2011, e que tal como denunciam em Nós Tv Yuri Carrazoni e Daniel Candal, já levantara certa suspicácia entre ecologistas polo “enorme impacto ambiental” que se provocaria sobre O Souto, uma paragem natural “única”, que conta cuma mámoa, um castro, tres petroglifos e numerosas árvores senlheiras que seriam devoradas por esse fatal projeto, tal como denunciam desde a Plataforma pola Recuperaçomó do rio Sar, que reune á vizinhança do lugar e que levam meses fazendo protestos contra a ubicaçom da depuradora em O Souto.

           Um dos protestos da Palataforma

O PP governou Compostela de 2011 a 2015 e Alberto Nuñez leva presidindo a Junta galega desde 2009, mas em tudo esse tempo nada figeram ao respeito e agora saem á palestra mediática a botar as culpas fora. Mas visto o resultado vai ser que lhes saeu mal a jogada; além de que sua denúncia tinha por objetivo cargar as culpas de que o Sar baixe tam sujo á atual corporaçom municipal, quando a limpeza da beira deste rio é competência exclusiva de Augas de Galicia, é dizer, da Junta do PP.

Tampouco contam que foi Agustín quem, sendo conselheiro de Medio Ambiente, comprometéra-se a ampliar e milhorar a tecnologia da depuradora existente em Sisalde, algo que nom teria impacto ambiental algum e solucionaria a depuraçom das augas residuais que vam parar ao Sar; mas como soe ser habitual, essa promesa caeu em saco roto e de ai estes lodos; e baixo os lodos a merda que atopa Hernández debaixo.

Por outra banda, o papel de “El Correo Gallego” como palmeiro máximo do PP e suas ocorrências, é de apaga e ímo-nos (se bem denantes de tal estava bem que pagara todas as suas dévedas coas suas trabalhadoras). Sua teima por culpabilizar ao governo de CA de toda quanta fochanca há na cidade chega a extremos incríveis. Hoje mesmo na sua capa principal destaca este titular: “Varapalo judicial al Concello por las fochancas y ‘pasar’ de los afectados”; mas se segues lendo resulta que a denúncia que deu lugar a este cabeçalho foi por uma caida que se produz em novembro de 2014; e sabedes quem governava esta cidade na altura dessa fatal caida por culpa duma fochanca? Acertáchedes: Agustín quedaste Hernández Fernández de Arrojar Lixo ao Sar!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s