Nom á Mina de Touro-O Pino: Vídeos e Contaminaçom

Começo esta entrada com o vídeo documentário realizado por Xosé Bocixa de Tingalaranga Audiovisual para Nos-Tv e que esta disponibiliçou recém na sua plataforma de youtube:

De seguinte vos convido á leitura do informwe cos resultados das análises encarregadas por ADEGA das augas dos rios Portapego e Pucheiras que drenam a antiga mina de Touro. Como era de esperar, existe contaminación por “uma importante carga de metais lixiviados”, como cobre, cinc e níquel que sobardam todos os límites e que pola sua natureza “som bioacumulativos e tendem a concentrar-se nos tecidos vivos ao longo de toda a cadeia trófica, polo que antes ou despois acabarám provocando alteraçons fisiológicas e genéticas”. E tudo isto se passa coa Mina parada…

E já para rematar e confirmar o que denúnciam ADEGA e outros grupos ecologistas, chánto-vos acá o seguinte vídeo de curta duraçom (apenas minuto e meio) pero grande mensagem, autoria da associaçom “Aldea Viva”, uma das tantas implicadas na luita contra da Mina, que amossa essa contaminaçom vissível nos rios, regatos e terras circundantes:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s