“Los borbones son unos ladrones”. Resposta do rap estatal á repressom

Recolho (e traduzo) do Mondo Sonoro

Treze nomes da cena autoinculpam-se em “Los borbones son unos ladrones” rapeando alguns dos versos polos que condenarom a cárcere a Valtonyc, Pablo Hasel e La Insurgencia.

Trata-se, mais que nada, de passar á ofensiva. De expôr o ridículo e alarmante duma onda repressiva que pode levar a qualquer -de esquerdas- ao cárcere por uns tuits ou uns versos duma cançom. E fíxo-se em forma de tema e videoclip, protagonizado por nomes tanto veteranos da cena –Frank T, Elphomega ou Rapsusklei– como formaçons emergentes como IRA e Machete en Boca, passando por ZOO, Def Con Dos, Tribade, La Raíz, Homes Llúdriga, Los Chikos del Maíz, Noult e a argentina Sara Hebe. Todas elas rapeam versos próprios e prestados sobre um beat de Juan Pablo Balcazar, Clara Peya, Antonio Torres Vega e Roger Martínez Solé criado para a ocasiom.

O tema chega ademais acompanhado dum videoclip rodado no histórico cárcere barcelonês de “La Modelo”, fechada no ano passado e reaberta recém ao público. Ai aparecem nom só uma dezena dos MCs participantes senom tamém Djs, crews de breakdance, graffiteiros, um soundsystem (Rebelmadiaq) e um bo feixe de bandas convidadas da cena catalá: Txarango, Gossos, KOP, Pirat’s Sound Sistema, Smoking Souls, El Niño de la Hipoteca, Companyia Elèctrica Dharma, Rapapunkas, Raska, Subversa, Bonobos, Siroll e Fetitxe 13.

O lançamento de “Los borbones son unos ladrones” enquadra-se dentro da semana antirrepressiva anunciada por No Callarem, que desenvolverá distintos atos desde hoje quarta feira, mércores, 11 no cárcere de “La Modelo” e culminará em domingo 15 com uma maratona musical, com tres cenários e a participaçom de Valtonyc, Pablo Hasel e Elgio (ex-Insurgencia) junto a Ayax y Prok, Núria Graham, Maria Arnal i Marcel Bagés, Mi Capitán e muitas mais. Todas as atividades, que podes consultar no programa disponível na sua web, som gratuitas até completar aforo. Em Madrid, por outra banda, anunciou-se um duplo ato para amanhã quinta, joves, ás 19:00h falarám Cristina Fallarás, Darío Adanti, Facu Díaz, Lucía Litjmaer, a seçom de Gráficas da CNT e outras na Libraria “El Molar”; entanto que ás 21:00h atuarám Cálido Lehamo, El Coleta, Miguel Grimaldo e mais artistas na “Sala Juglar”.

“Los borbones a los tiburones” está disponível de momento em YouTube e Bandcamp -com possibilidade de descárrega e aportaçom económica- e estará próximamente em Spotify, Apple Music e demais plataformas digitais. Todos os benefícios irám destinados a paliar os gastos da produçom do videoclip, e uma vez cubertos estes, aos distintos grupos de apoio aos rapeiros repressaliados.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s