Arquivo mensal: março 2019

“DETER GENTE nom é o mesmo que DETERGENTE”. O esperpento da trampa do FAIRY

Que me perdoem a quem lhes proe que, desde um site anarquista, faga defessa do povo de Catalunya nos seus anceios de Independência do Estado Español; mas vistas e ouvidas as últimas declaraçons dos máximos responsáveis das Forças de (in)Seguridade do Estado Español no Juíço Supremo ao Procés, nas que justificam a atuaçom destes elementos e mesmo negam a violência desprendida contra o povo; nom posso fazer como que isto nom vai comigo porque as anarquistas nom estamos para debater sobre direitos de autodeterminaçom que poidam ampliar o número das fronteiras já existentes agora no Mapamundi políticos.

Hoje -á par que sego os desvaneios das declaraçons neste Juíço Supremo de quem pretendem fazer passar um ato de Desobediência Popular por uma Rebeliom organizada- soubem por alguns médios do relevante auto da Audiência de Barcelona sobre as cárregas policias do 1-O, onde magistrados rejeitam que “o uso desproporcionado da violência nom viria amparado polo cumprimento” da ordem do Tribunal Superior de Justiça de Catalunya (TSJC) de 27 de setembro onde se instava a Polícia, Guarda Civil e Mossos para impedir o 1-O. A critério destes magistrados da Audiência, o auto judicial nom pode ser “uma espécie de ‘patente de corso’ para qualquer açom de violência quando esta resulta inecessária, desproporcionada e com claro abuso de poder”.

Continuar lendo

A MENTIRA TEM PATAS CURTAS. De 400 a 0 polícias e picolos feridos no 1-O

De 400 a 0!!! NOVO RECORDE MUNDIAL de MENTIRAS ao POVO

SORAYA, a vicepresidenta e ministra da Presidência do Governo espanhol de M Punto Rajoy quando o 1-O, nas suas declaraçons á imprensa depois dessa jornada dizia -sem ruborizar-se o mais mínimo diante tamanha MENTIRA-, que houvera 400 membros dos corpos de (in)seguridade do estado, FERIDOS que tiveram que ser ATENDIDOS pelos SERVIÇOS MÉDICOS durante essa jornada, devido aos golpes que receberam das VOTANTES VIOLENTAS com suas perigossísimas ARMAS em forma de PAPELETA de VOTO nas suas mãos (isto último nom o digera tal, pero era o que ela queria que, a gente que nom estava lá para ver e viver a verdade, pensara no momento de dize-lo).

Continuar lendo

SUBSOLO RAP FEST VII Edición – Venres 22 de marzo ás 21:00h no Moon Music Club – 4 propostas por só 5 €

Recebo e dou pulo a esta info do Subsolo Rap Festival, “un festival independente localizado na cidade de Compostela. O obxectivo deste evento ademais da difusión dos artistas que nel participan, é xerar un espazo-tempo de encontro para a escena underground do rap e das distintas músicas urbanas na Galiza e o resto da Península Ibérica, así como aportar ao circuito cultural de Compostela un festival alonxado do mainstream e as radiofórmulas habituais. Este proxecto naceu en marzo do 2009 e desde entón xa temos realizado 6 edicións de maneira intermitente en distintas salas da cidade, contando con artistas tanto do estado español como do portugués, pero principalmente da Galiza”.

Nesta VII edición o Subsolo Rap Fest cumpre 10 anos. Unha década tentando visibilizar proxectos musicais á marxe de dogmas e tendencias impostadas. O vindeiro venres 22 de marzo queremos celebralo con todas vós nun evento no que contaremos cun cartel ecléctico composto por 4 propostas emerxentes da escena musical urbana. O evento terá lugar ás 21:00h no Moon Music Club (rúa República Argentina/35 – Compostela).

Continuar lendo