O ABOLICIONISMO É PATRIARCAL

Recolho duma RRSS esta reflexom brilhante assinada sob o alcume “Louise Michel” e coa que concordo ao 100% :

Assim o afirmo porque o patriarcado sempre tem defendido a família como instituiçom sagrada e o sexo da mulher reservado para goze e desfrute do marido como propriedade exclusiva para engendrar a seus filhos e herdeiros. E para assegurar-se totalmente de que seus filhos levavam seu sangue e seus genes, tinha que se assegurar de que a mulher nom mantinha relaçons com ninguém que nom fosse ele. E era a mesma mulher a encarregada de velar por sua dignidade e sua honra que era a de seu marido.

Expressons como “garda a tua flor”, “nom perdas a honra”, “sê pura e decente até o matrimónio”, etc… têm sido ditas uma e outra vez às mulheres para mante-las, como digem, ao serviço exclusivo e permanente de um homem.

Hoje em dia algo temos avançado nesse aspecto, as mulheres podemos ter sexo sem ter marido, mas olho, sem se passar em quantidade e variedade de pessoas com as que manténs relaçons porque te insultarám e classificarám como promíscua ou puta. Porque o sexo segue sendo sagrado e há que manter uns valores que o patriarcado impôs no seu momento.

Tu, mulher, com tuas mãos por exemplo, podes limpar pocilgas e encher-te as mãos de merda e quando chegues a tua casa lavas as tuas mãos e podes acariciar a teus filhos, a teu marido ou a teu cam com toda a dignidade do mundo, mas se por acaso se te tem ocorrido utilizar teu sexo para ganhar o pam diário prepara-te que venhem curvas. Serás mau mirada, questionada, atacada e perseguida por todas as frentes: a polícia, a direita, a esquerda, os ricos, os pobres e os homens e as mulheres, porque o sexo é sagrado e nom se toca.

Pois eu digo que todo meu corpo é sagrado e nom se toca, já sejam minhas mãos, meus pés ou minhas orelhas, todas as partes de meu corpo tenhem absolutamente o mesmo valor e som igual de sagradas e já é hora de que o feminismo se proponha está questom e comece a desmitificar o valor do sexo porque isso é algo aprendido e herdado do patriarcado e de seu gestor, o Estado.

Abolicionistas, se de verdade queredes acabar com a prostituiçom, a maneira nom é atacar às que a exercem, senom escuta-las, dar-lhes voz, respeita-las,… coisas que a maioria nom fazedes, e lutar por abolir a injustiça social e por um mundo onde ninguém tenha que prostituir nenhuma parte de seu corpo. Ajudem a que seu trabalho seja seguro e respeitado, pois acho que nisto estaremos de acordo, seu trabalho é um dos mais perigosos e mau vistos do mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s