Polícia do governo PSOE-PODEMOS ampara e protege atos nazistas e racistas no bairro madrileño de S. Blas

De nenhum outro modo pode ser vista a falha de atuaçom da polícia nacional española diante dos energúmenos fascistas que antontem adicaram-se a campear-se a gosto polo bairro operário de S. Blas-Canillejas. Assim o denúncia SOS Racismo Madrid a través das RRSS, com imagens e vídeos nos que se pode ver esta panda de indesejáveis portando faixas com lendas coma “Fuerza y Honor”, fazendo saudos nazistas hitlerianos e berrando -diante dum piso de acolhida de minores sem papeis que chegaram até cham español sem a companhia das suas progenitoras- cânticos racistas coma “Madrid será la tumba de los menas” ou “En San Blas, ni un puto mena” e fazendo vários intentos de entrar à força no piso com evidentes intençons de linchar aos jovens.

Segundo denúncia SOS Racismo, a Polícia española do governo PODEMOS-PSOE NOM fijo NADA diante tais demonstraçons de FASCISMO; limitou-se a pedir-lhes que protestaram numa praça cercana ao piso dos rapazes e deixaram de intentar entrar nele. E assim diante dum DELITO de ÓDIO tam evidente, a polícia española baixo mandato do governo PSOE-PODEMOS, nom só permaneceu imutável e impassível, senom mesmo a Delegaçom do Governo de quem dependem organicamente, nom abreu até agora nenhuma investigaçom ao respeito destes graves sucessos e sobre a conivência policial para com os fascistas.

Estes feitos acaecerom poucos dias depois de que 2 neonazistas levaram umas boas cundas por parte de 4 destes minores que, fartos dos abusos cotias destes elementos fascistas, foram a por eles depois de que os nazistas se lhes achegaram com intençons de dar-lhes uns paus ao berro de “menas hijos de puta”. Como resultado, um dos valentes nazis levou uma boa malheira e seus amigos nazistas pretenderom fazer-lhe passar por vítima a esta imundície humana e de ai a convocatória nazista diante do piso tutelado.

De seguido da tunda aos nazistas, os 4 moços foram detidos pola polícia do régime acusados de delitos de lesions aos 2 nazistas. O coletivo antifascista San Blas Canillejas En Lucha critica que desde há dias que estes moços levam recebendo insultos racistas e xenófobos, “sendo falsa e intencionadamente acusados de todos os males ocorridos no bairro” e sublinham que os dois malotes agredidos som “dois nazis conhecidos do bairro pelas suas agresons e atos vandálicos, pertencentes a grupos abertamente fascistas“.

Hoje mesmo está convocada uma concentraçom solidária para com os moços e SOS Racismo Madrid tirou um seu pasquim onde denúncia estes abusos e aclara os feitos denunciando que “Agora pretendem culpar do ocorrido aos minores, é dizer, meninos e adolescentes que migraram sozinhos e que se atopam numa situaçom de desamparo e violência institucional no bairro”:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s