AstraZeneca, a vacina da COVID, da farmacêutica que fai mofa da rica Europa

“Nos nom deselvolvimos este medicamento para os índios, desenvolvimo-lo para as pacientes ocidentais que poidam permitír-se-lo. Marijn Dekkers, Conselheiro Delegado da Bayer na Índia em 2014

1º Governos e governinhos da Uniom Europeia doaram milhons de euros aos negócios dos laboratórios farmacêuticos para que investigaram e quitaram uma vacina contra da COVID o mais pronto possível á conta de que a empresa derive grandes quantidades dessa vacina a esse paises. Ditas inversons figeram-se confiando na boa vontade dessas empresas, quando a confiança é um recurso escaso que nenhum governo deveria dilapidar à ligeira.

2º Conseguida a vacina; agora alteram-se governos e governinhos da Europa rica porque um desses negócios farmacêuticos, a británica-sueca AstraZeneca, retrasa a mantenta a entrega do seu pedido a UE porque há uns outros paises mais ricos dispostos a pagar mais por elas. Bruselas considera “inaceptável” este retraso no subministro e reclama “transparência” nas exportaçons fora da UE das doses que se produzem acá.

3º AstraZeneca a consequência é amonestada na passada 2ª feira pola Comissom Europeia. O que nom contam os falsimédios é em que consiste tal amonestaçom nem tampouco dá conta das gargalhadas dos responsáveis e acionistas de dita empresa

4º A resposta do governo alemám (o mais forte de todos) fai-se a través de falsimédios coma notícia de primeira plana em dois diários: Bild e Handelsblatt com uma exclusiva na que se assegura que este governo duvida da eficácia desta vacina criada na universidade de Oxford em pessoas maiores de 65 anos e assinalam que é apenas dum 8% nessa franja de idade, o que em essência vem a ser igual a nada.

5º AstraZeneca resposta de imediato afirmando que “ditas informaçons som totalmente falsas” e negam com rotundidade que desviaram as vacinas de Europa a outros paises para tirar mais benefício.

6º Aos poucos o próprio Ministério de Sanidade alemám tira balons fora e dá-lhe a razom á farmacêutica em quanto á eficácia nas pessoas de mais idade aclarando que tudo o enredo fora devido a uma confusom dos jornalistas; se bem tamém expressou a sua preocupaçom polos dados apresentados por AstraZeneca: “Desde outono sabe-se que nos ensaios levados por AstraZeneca se incluiram menos anciás que nos de outros fabricantes” sica dixit o ministro do ramo, Jens Spahn.

Dito o qual eu suponho que ainda ninguém tildou ao governo alemám de conspiranoico, terraplanista ou antivacina.

CAPITALISMO é coma se chama a este mercado da MORTE.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s