A IMPRENSA APONTA… Comunicado sobre as 8 pessoas acusadas de queimar um furgón policial em Barna

Colo acá traduzido o seguinte comunicado feito público hoje mesmo e assinado polo Grupo de Apoio das detenidas coma “Solidárias com as detenidas da manifestaçom do 27F”:

A IMPRENSA APONTA… Sobre as 8 pessoas acusadas de queimar um furgón policial.

O passado 27 de fevereiro detinham a 8 das nossas colegas no centro de Barcelona durante uma manifestaçom. Este feito enmarca-se dentro do conjunto de mobilizaçons em massa convocadas em nome da liberdade de expressom mas que foram assumindo a cada vez mais a voz do disenso geral deste período histórico que estamos a viver. Uma realidade asfixiante caraterizada por uma violência institucional sem precedentes, que deixa à maioria da povoaçom sem futuro e que absolve e defende aos criminosos de sempre: polícias, políticos e família real.

A raiz de suas detençons tiveram lugar registros policiais em 2 vivendas do Maresme, com a intençom de relacionar às nossas colegas com supostas organizaçons criminosas inexistentes e com acusaçons desproporcionadas baseadas em provas irrisorias. Nada de presunçom de inocência, o escrito dos mossos foi reproduzido em todos os meios de comunicaçom, que o repetem e assumem como próprio. A sua vez, o julgado fix o que já estava escrito: imputaçom muito grave e prisom provisória sem fiança. Não lhe vemos outro sentido a tudo isto que a finalidade de acabar com a onda de protestos que desde fai semanas cresce de forma exponencial em toda Catalunya.

Denunciamos a manipulaçom informativa e o sensacionalismo dos meios de comunicaçom, que se limitam a proporcionar imagens baratas de entretenimento mediático e discursos de criminalizaçom dos protestos. Como tantas outras vezes se está a utilizar a figura das anarquistas e as antisistema como cabeça de turco. A imprensa aponta e silencia os protestos como cortina de fume que tampe aos verdadeiros criminosos. Por um lado está a polícia, com sua violenta repressom que tem deixado múltiplas feridas graves e mutiladas. Pelo outro, as instituiçons que deixam a milhons de pessoas sem fogar e sem possibilidade de chegar a fim de mes. Por último, a família real e os políticos que seguem roubando impunemente. Eles são os autênticos criminosos, que não nos confundam de inimigo.

As 8 compas do Maresme encarceradas estám muito animadas porque sabem que não estám sozinhas. Como seu grupo de apoio estaremos presentes transmitindo informaçom, assegurando-nos de que a solidariedade seja nosso factor de uniom. Agradecemos as colaboraçons e contribuiçons antirrepresivas e lutaremos para poder abraçar a nossas compas muito cedo.

Daqui a pouco publicaremos uma conta de banco para as despesas legais bem como os dados das colegas que desejem receber correspondência.

Queremos-vos livres já!

Solidárias com as detenidas da manifestaçom do 27F

Barna, 9 Março 2021

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s