Sobre a importância de ser vacinada

Coviadeptas e covidianas, pandemoníacas informantes e outras maleantes -todas elas inimigas declaradas do autocuidado da saúde e da medicina natural- seguem a todo trapo a sua Campanha Desinformativa encaminhada a obrigar a vacinar-se a toda a povoaçom mesmo que nom queiram.

Seu bombardeio mediático culpabilizando, ás pessoas nom propensas a receber esses “preparados”, da permanência do vírus nas nossas vidas som de julgado de garda. E muito mais quando dia a dia fica demonstrado que estes supostos “remédios”, aos poucos de ser injetados, causam mareios, vómitos, dores musculares e articulares, trombos e mesmo a MORTE.

“Efeitos secundários imprevistos” coma dim as covidianas tratando de restar importância às mortes provocadas em crianças, jovens e pessoas que tinham uma idade considerada de baixo, ou muito baixo, risco de contágio.

“Som só uns poucos casos no mundo” replicam as coviadeptas por doquier… “Isso mesmo se passa com qualquer medicamento, basta lêr os prospetos”“tamém as aspirinas provocam trombose”“os benefícios superam os males”… Admitindo assim, sem pretende-lo, que ditos efeitos som consequência da imprevisom, imprevidência e muita negligência à hora de testar estas substâncias e dar o visto bom para que se comercializaram. Mas, coma di o refraneiro: “O que é mau de muitas consolos de tolas”

Na altura, ninguém que quiger saber disto mais lá do que se conta nos mentideiros de toda pasta e condiçom, desconhece que o que se nos apresentam coma vacinas para frear a pandemia da COVID e coma suposta cura desta presunta nova doença; som produto dumas investigaçons em laboratórios farmacêuticos que nasceram com uns outros objetivos e miras e as provas das mesmas tinham uns outros destinatários até a apariçom espetacular da COVID-19 e sua mediática posta em cena em tudo o mundo.

Desde a imposiçom destes paliativos como remédio universal, numerosos som os vendedores destes produtos estrela: gente que se dim jornalistas demonstram de imeditao a sua total falha de escrúpulos à hora de se fazer vozeiros das empresas farmacêuticas e imponher o MEDO ao vírus para vender ditas pócimas com a minor oposiçom. Para obter isso nom duvidarom em começar uma CAMPANHA ORQUESTRADA para desprestigiar toda voz insubmissa e silenciar todas as opinions acreditadas de gente experta em vírus e suas sintomologias, tais coma biólogas, epidemiólogas ou médicas, quando som discrepantes coas teses oficialistas da OMS e dos governos do 1º mundo.

Questom de Fé

Em tudo avanço cientista existe prévio, durante e post, um debate e cruzamento de ideias; nom deixa de ser evidente que assim como os médios técnicos foram milhorando e o mundo microscópico se figera vissível, o estudo e comportamento dos corpos vivos que só as cientistas vem “a simpes vista”, está no foco de toda investigadora. Até a irrupçom na cena médica da COVID-19, a doença provocada por esta família vírica estava considerada á par dos danos que causa uma gripe; e foi quando se desataram os contágios na Europa rica, que começou uma campanha de anular toda voz discrepante e imponher coma verdade absoluta os critérios da OMS. O que deu pé à difussom de todo tipo de disparates:

Que se uma marca produz mortes na sua 1ª dose… Nom se passa nada!! Tras semanas de nom saber como resolver esta incômoda situaçom (nas españas todas há mais de 2 milhons de cobaias esperando saber) já assoma uma dupla soluçom válida para quem queira crêr (porque agora já é uma questom de fe) e assim: ou bem se injeta a 2ª dose coa mesma marca; ou bem se injeta a 2ª com outra marca porque é mais efetiva que usar sempre a mesma – isso sim tras a preceptiva campanha mediática e política de vender prévia a moto de que misturar marcas é mesmo muito milhor. Olé !!

E se até há nada com 2 doses bastava, agora a empresa que vende mais caro seu produto, bota-lhe morro ao assunto e assegura que 3 doses som muito milhor do que as 2 que venderam de início coma justas e necessárias para paliar a doença, entanto as ganâncias milhonárias, engrosando suas arcas da enfermidade e da morte, subem a golpe de imposiçons e medo.

E pese a tudo e tal coma recolhe a seguinte imagem, NINGUÉM pode garantir que estas pócimas te salvem de pilhar o vírus, e nem sequer que, uma vez recebidas as 2, 3 ou 25 doses, nom poidas ser contagiada e/ou contagiar; pelo que eu aplico o saber do prota da imagem:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s