Mentir e Manipular a Informação e se descobrem teus enganos… Censura que te criou!!

Ontem publiquei uma entrada ao respeito da manipulação da informação por âmbos bandos tras a invassão da Ucrânia por forças russas; mas acho que me deixei tinta abondo no meu tinteiro assim que retomo o tema nesta nova entrada:

Suponho que muitas galegas lembrades ou ouviste falar a cotio do assassinato -a mãos do exército ianquie- do jornalista freelance e ferrolá, José Couso sucedida em 8 de abril do 2003 durante a invassão das tropas ianquies na cidade de Bagdade, capital do Iraque; naquele ato de guerra declarado por aquele grupo de calaveras reunidos nas Açores (Bush pai, Tony Blair, Durão Barroso e Bigote Aznar) sob a falsa escusa de que o régime de Sadam Husein possuia armas químicas e de destruição maciça. Mas é provável que as galegas mais novas e a gente doutros lugares do planeta não tenham tais referências, dado que, por natureza e/ou por higiene mental, as pessoas acostumamos a ter muito mais presente as mortes das nossas achegadas ou vizinhas que as das desconhecidas e inhoradas ou mesmo das que sucederam de perto mas in illo tempore.

Para aquelas que desconhecedes esta parcela da história vos convido a escutar o programa que, a 3 anos do assassinato de José, emitira no meu programa Comochoconto na rádio livre A Kalimera, dando conta dos sucessos da mão de seu irmão Javier (quem na sua mocidade fora batera da banda de punk anarquista Sin Dios) tras gravar a palestra que a CNT de Compostela convocara na altura:

Mas, fazendo um breve resumo, cabe assinalar que José Couso era um fotojornalista “freelance”, ou seja que se buscava as castanhas para filmar e fotografar episódios da guerra sem ter vínculos alguns com agências de informativas, empresas do ramo e muito menos ser um vendido jornalista, desses chamados “empotrados”, porque avançam junto a um dos exércitos em guerra para informar só do que lhe interesa a esse exército e aos governos que o conformam.

José Couso era um gajeiro nessa invassão das tropas ocidentais em Bagdag, e a sua gávea era um balcom no andar 14 do hotel Palestina desde onde estava a filmar o que algumas pessoas em algures nom queriam que soubesemos quando fora abatido e assassinado impunemente (com o visto bo dos militares e os sucessivos governos americanos e espanhois e por sentências injustas dos tribunais) por um disparo dum tanque ianquie (as tropas ianquies tinham conhecemento de que nesse hotel estavam instalados jornalistas que não estavam na sua nómina e que podiam desmontar as suas mentiras).

Mui poucas pessoas lembrarám agora que, junto ele, tamém foram assassinados o jornalista Tarek Ayubi, cámara jordano da tv Al Jazira que estava filmando desde a sua gávea na sede que sua canle compartilhava com Abu Dhabi tv e mesmo o ucraniano Taras Protsyuk ubicado no andar supérior do mesmo hotel.

“O Único Terrorista é o Estado Capitalista”

Por entom, causara certa comoção entre muitas das suas presuntas compas de profissão, e alçaram a sua voz durante meses para denunciar tal ato de guerra brutal das tropas invasoras contra um hotel onde se alojavam jornalistas que podiam contar uma versão muito diferente da guerra do que lhes interesava às forças da OTAN. Mas co tempo, apenas umas poucas seguiram erre que erre demandando justiça e denunciando tal ato de terrorismo de Estados.

Ao princípio assassinos negaram que conheceram que lá estavam aposentados jornalistas e que respostaram ao que consideraram que eram armas de precissão com teleobjetivos que lhes estavam apontando; mas depois ficara evidente que à distância na que estava o tanque do Hotel, era perfeitamente vissível de que o único que lhes apontava eram cámaras de fotos e vídeo e não havia lugar a confussão possível. Ainda assim, uma vez pilhados, trataram de seguir mentindo e ainda hoje, 19 anos apôs, continuam impunes esses assassinatos.

Assim manipulava a imprensa de ocidente na altura dessa invassão pautada por presidentes dum Ocidente sem escrúpulos, com forças armadas da OTAN e múltiples mercenários de empresas privativas (fora a primeira vez que falsimedios ocidentais falaram de “contratistas” para tratar de fazer passar a estes mercenários e assassinos a soldo polo que não eram) enviados a matar povoação civil e tudo quanto se lhe pugera por diante em base a uma MENTIRA. Hoje, seguem nas mesmas ou mesmo muito pior:

Sinificativo é que uma das jornalistas com mais sona nas TVs españolas pese -ou devido a- fazer programas patéticos, não tivera reparos em mentir ao emitir em 24 de fevereiro umas cenas dum vídeojogo (ArmA 3), dizendo que lhe chegaram umas imagens terríveis dum bombardeio de Rússia contra povoações da Ucrânia:

Esta informação fora replicada coma véraz múltiples vezes nas mal chamadas RRSS e fora motivo de chança e denúncia nos meios russos com presência na Europa ocidental coma Sputnik e a tv Rússia Today (TD) e isso havia que para-lo coma fosse e de ai a imediata toma de decisão na UE de censurar estas canles.

Trata-se, uma vez mais, de que toda a informação sobre a guerra que nos chegue ás europeias seja UNIFORME e numa ÚNICA direção, tal qual a informação dos reporteiros de guerra empotrados, da que vos falei.

E assim é coma os grandes meios do ocidente europeu estám sempre dispostos a ENGANAR, MENTIR, TERGIVERSAR e MANIPULAR, e por suposto CENSURAR toda voz discrepante da oficial da OTAN.

Pola sua banda Rússia tamém fará das suas nos seus países de influência, com o que a informação véraz vai ser díficil de que chegue.

Eu, coma anarquista, tenho claro que me seguiré a fiar só das informações que me cheguem de compas anarquistas da Rússia e da Ucrânia, âmbas posicionadas muito claramente contra desta Guerra declarada entre povos irmãos e advogam por fazer seus chamados aos soldados dum e outro bando à desobediência para que não atirem uns nos outros e, mais ainda, que não abram fogo contra a povoação civil.

Uma ideia sobre “Mentir e Manipular a Informação e se descobrem teus enganos… Censura que te criou!!

  1. Pingback: Comochoconto – Homenagem a José Couso | COMOCHOCONTO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s