“Llega la Caballería para salvar al monte de los incendios” – “Cubrirá toda Galicia”

Com este cabeçalho escrito na sua língua habitual, ECG, o jornal das risas compostelã, titula o artigo redatado por Elena Piñón e publicado na versom em papel deste diário. Nele, a entusiasta jornalista, pom fim a todos nossos medos em quanto á mais que presumível vaga de lumes que nos vai asolar Galiza no vrão.

E para aplacar as incrédulas, começa assim sua entusiasta e tranquilizante crónica: Galicia tiene todos los medios humanos y materiales para salvar a sus montes de las llamas en un verano que se presenta amenazador por la sequía y la previsión de altas temperaturas. Brigadas, helicópteros, motobombas… solo faltaba la Caballería. Y ya está aquí” (sic).

Para quem coma mim, ainda nom as temos todas conmigo ou consigo, Elena parte seu apelido pola Unidad de Caballería del Cuerpo Nacional (CNP) vinda desde Castela para fazer fronte á Operaçom Lumes 2017 (aviso para despistadas: nom se trata de outra operaçom repressiva orquestrada contra anarquistas ou indepes) e além, para ocupar-se da seguridade no caminho de Santiago. Dita unidade vai ter sua base em Compostela e Ponte-Vedra e desde lá cobrirám as quatro provincias galegas.

Se chegas-te até acá na leitura, pensarás que vinheram quanto menos tantos cabalos e cabaleiros polícias como os que se vem nos filmes de vaqueiros e índios do salvagem oeste; a fim de contas a Galiza oficial ocupa 29.575 km² e muito terreno é escarpado e de nom doado acesso, com o que é presumível que se a cronista de ECG di que o monte já está salvo graças á cabaleria da CNP é que dita unidade deve estar formada por um bo feixe de elementos e seus animais correspondentes.

Mais nom! Vai-tes!! Elena dim-nos que “en total serán 15 agentes y 12 caballos”!!!!. Nem sequer um cabalo para cada? Se montam todos á vez terám que ir 6 cabalos cargando com 2 polícias!!

Como resulta que Elena Piñón é jornalista e como tal nom nos vai mentir (ás jornalistas ao igual que as testemunhas de jehová nom podem mentir e nunca mintem) eu já estou ardendo em desejos de ve-los em açom (bom ardendo igual nom porque senom igual venhem esses jinetes e enchem-me de água á que me despiste): 12 cabalos a todo galope polas 4 províncias galegas apagando lumes a destro e sinestro e levando nas suas garupas 1 ou 2 polícias montados que á vez que agitam mangueiras vam vigiando o Caminho de Santiago para nossa seguridade e a das miles de pelegrinas.

Temos do que nom nos merecemos!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s